A Pública Central do Servidor promoveu, nesta quarta-feira (28/10), uma live em homenagem ao Dia do Servidor e em protesto contra os ataques à categoria, principalmente, contra a PEC 32/2020 (Reforma Administrativa), que pretende transformar completamente o Estado brasileiro. Durante a transmissão, dezenas de lideranças de todo o país se manifestaram em defesa do serviço público.
O Diretor de Política de Classe, Vilson Antonio Romero, participou do evento representando a Agafisp. Ao se posicionar, o dirigente destacou que o governo prefere sacrificar os funcionários públicos ao invés de tributar a renda e o patrimônio dos super ricos; ao invés de terminar com a isenção de impostos sobre lucros e dividendos; e sem fazer a auditoria da gigantesca dívida pública, que consome quase 30% do orçamento da União. Para ele, há, de fato, muito a ser feito para que o país deixe de ser desigual.
Vilson Romero declarou ainda que é fundamental a reunião das lideranças no Ato Virtual, mostrando a revolta e indignação com os ataques que o serviço público tem sofrido. “Nós, servidores, temos orgulho do trabalho que desempenhamos e a convicção de que, sem nós, sem nossa presença e atuação em prol da sociedade, teríamos um fosso maior, cheio de desigualdade em todos os rincões deste país. Lutemos todos juntos por um melhor serviço público!”, declarou.