Durante os meses de março a novembro, a Cinemateca Capitólio Petrobras promove programação especial, com 26 atividades com patrocínio master da Petrobras, através da Lei Rouanet/Governo Federal. A iniciativa ainda tem a cooperação cultural da Fundação Cinema RS (Fundacine) e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Secretaria Municipal da Cultura. Serão oito mostras de cinema, quatro eventos ‘Noites na Cinemateca’, duas masterclasses, 10 sessões de cinema acessível, além de duas exposições relacionadas ao acervo da Cinemateca. Além disso, o aporte também possibilitou a compra de equipamentos que proporcionarão acessibilidade completa (libras, legenda descritiva e audiodescrição).

A programação contará com oito mostras especiais na curadoria de Leonardo Bomfim, programador da Capitólio, e inicia na quinta-feira, 14, com a mostra ‘Cinema da América Latina’. Já estão confirmadas também ‘A vertigem do Cinema Moderno’ e ‘Cinema de Invenção’. Quatro eventos especiais intitulados ‘Noites na Cinemateca’ ocorrem durante as madrugadas, visando ampliar tanto a experiência sensorial do público, quanto a vivência do espaço cultural como um todo. A primeira edição está agendada para abril.

Duas masterclasses com especialistas internacionais sobre o processo criativo na realização cinematográfica ainda integram a programação, tendo como público profissionais e estudantes gaúchos do setor, configurando um importante espaço de aprendizado, debate e reflexão crítica sobre a produção audiovisual. Materiais inéditos do acervo, através do trabalho de digitalização das coleções de grandes cartazes e documentos, serão objetos de duas exposições exclusivas para o espaço da galeria da Cinemateca, com aberturas previstas para junho e outubro, e curadoria da pesquisadora e escritora Alice Trusz.

Grade de programação – Mostra ‘Cinema da América Latina’

14 de março

20h – Compra-Me Um Revolver

15 de março

20h – Los Silencios

16 de março

16h – O Silêncio É Um Corpo Que Cai

18h – Tarde Para Morrer Jovem

20h – Vermelho Sol

17 de março

16h – Algo Queima

18h – As Filhas do Fogo + debate com Albertina Carri

19 de março

20h – Wiñaypacha

20 de março

20h – Retablo

21 de março

19h – O Silêncio É Um Corpo Que Cai

20h30 – Belmonte

22 de março

19h – Algo Queima

20h30 – Cocote

23 de março

14h – La Flor – Parte 1

19h – La Flor – Parte 2

24 de março

14h – Belmonte

16h – La Flor – Parte 3

FONTE: Coletiva.net