As eleições neste ano ocorrem no dia 18 de julho. Conforme já noticiado na Resolução CEN nº 1 , por exiguidade de tempo, este ano não será utilizado o voto eletrônico. Os eleitores poderão votar em urnas presenciais ou por meio de correspondência.

Rozinete Bissoli Guerini (ES), coordenadora da CEN, esclarece ainda que os conselheiros que tomarem posse terão seus mandatos prorrogados, excepcionalmente, por 5 meses, tendo em vista que o período de mandato foi alterado para ter início em 01 janeiro e término em 31 de dezembro, 2 anos após, conforme mudança aprovada na Convenção.

Fazem parte ainda da CEN, como titulares, Ercília Leitão Bernardo (CE), secretária e, como membros, Maria dos Remédios Bandeira (PB), Cássio José de Oliveira (MG) e Nilza Garutti (SP); como suplentes, Lucimar Lima Ramalho (PB), Wanderley José Maçaneiro (SC), Margarida Lopes de Araújo (SP), Tânia Maria Faria Garcia (RS) e Paulo César Andrade Almeida (DF).

Quaisquer reclamações ou informações sobre o processo eleitoral devem ser dirigidas diretamente para o e-mail cen2019@anfip.org.br, de titularidade da Comissão, que tem a competência de se manifestar sobre todos os assuntos que dizem respeito às eleições. “Contamos com a colaboração e participação de todos para que as eleições sejam legitimadas pelo voto de todos os associados ativos e aposentados da Anfip”, afirmou Rozinete Bissoli.

(Fonte: Anfip)