Pesquisa Conteúdo:
   
 
INSTITUCIONAL
Histórico
Diretoria
Conselho Fiscal
Conselho Deliberativo
 
SERVIÇOS
Artigos
Convênios
Galeria de Fotos
Aniversariantes do Mês
Jornal Plantão Fiscal
Recadastramento
Restrito
 

"Não há equívoco maior do que confundir homens inteligentes com sábios
Francis Bacon
Roteiros Culturais

Estreia nesta sexta o quarto filme "Piratas do Caribe"

Chega aos cinemas nesta sexta-feira o quarto filme da franquia "Piratas do Caribe". Johnny Depp volta a encarnar o seu Capitão Jack Sparrow, cheio de trejeitos, trambiques e muita sorte. O primeiro filme, "Piratas do Caribe - A Maldição do Pérola Negra" (de 2003), conquistou o público pela sua mistura bem-sucedida de humor, aventura, espadachins e até um romance. Já o segundo e o terceiro títulos, "O Baú da Morte" (de 2005) e "No Fim do Mundo" (de 2007), respectivamente, tiveram um enorme sucesso de bilheteria, mas parecem ter se perdido em meio aos inúmeros efeitos especiais sem ter uma narrativa à altura. "Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas", com direção de Rob Marshall, reúne novamente uma história bem estruturada com uma bela estética, apesar de a exploração dos efeitos em 3D ter deixado a desejar. É, enfim, puro entretenimento.

Entre os personagens que permanecem dos filmes anteriores, está Geoffrey Rush como o Capitão Hector Barbossa, Kevin R. McNally como Joshamee Gibbs (parceiro de antigas viagens de Sparrow) e até uma participação especial de Keith Richards (do grupo Rolling Stones) como o pai do protagonista. A trama desta vez gira em torno de um mapa que leva até a "Fonte de Juventude". Além de um barco onde está Sparrow, também rumarão ao mesmo destino um navio da esquadra britânica e outro da espanhola.

Entre as novidades deste episódio está a presença de uma pirata, Angelica (Penélope Cruz), com quem Sparrow vive uma relação de atração e trapaças constantes, e de um novo vilão, o lendário Barba Negra (Ian McShane). Judi Dench faz uma aparição como uma madame em uma carruagem "atropelada" pelo pirata em fuga.

O casal romântico formado por Orlando Bloom e Keira Knightley, dos filmes anteriores, não está nesta produção. Mas a química de Penélope Cruz com Johnny Depp conseguiu dar um tom levemente romântico à trama.

O lado sobrenatural fica por conta de escravos amaldiçoados por Barba Negra, que se tornam zumbis; e de sereias, que ora assustam ora seduzem os marujos em uma baía da ilha que abriga, em uma gruta, a Fonte da Juventude. As locações ocorreram no Havaí, no Caribe e em Londres.

O filme é, portanto, um bom divertimento. A equipe do longa (que tem 2 horas e 20 minutos) esteve nesta semana no Festival de Cinema de Cannes para promover o lançamento mundial do título e não descartou um próximo episódio. "Fazemos pelas pessoas. Então, enquanto elas me quiserem, estarei lá", falou Depp sobre o sucesso de seu personagem.

Fonte: CP
 
+ Roteiros Culturais

ADEUS AO COLEGA ARISTEU - Faleceu neste sábado o colega e amigo Aristeu Penalvo Filho. O velório será das 10h30 às 17h no Angelus Memorial Cremató

Viagem ao Peru, com Festa do Sol Inti Raymi - Entre 20 e 30 de junho de 2019, os associados terão oportunidade de viajar ao Peru para conhecer algumas atrações turíst

Marcos Cintra é nomeado secretário da RFB - Foi publicado no Diário Oficial da União, desta quarta-feira (2/1), a nomeação de Marcos Cintra Cavalcanti de Albuquerqu

CLIPAGEM 27 DE DEZEMBRO 18 -

EXPEDIENTE DE FINAL DE ANO - A Agafisp não terá expediente nos dias 24 e 31, duas segundas-feiras que antecedem o Natal e Ano Novo.

+ Notícia

 
home | contato | localização | convênios
Rua Siqueira Campos 1171, 11º andar - Porto Alegre/RS - Telefone: (51) 3224-4355 - E-mail: agafisp@agafisp.org.br