Pesquisa Conteúdo:
   
 
INSTITUCIONAL
Histórico
Diretoria
Conselho Fiscal
Conselho Deliberativo
 
SERVIÇOS
Artigos
Convênios
Galeria de Fotos
Aniversariantes do Mês
Jornal Plantão Fiscal
Recadastramento
Restrito
 

"A possibilidade de realizarmos um sonho é o que torna a nossa vida interessante
Paulo Coelho
13/06/2018

Maia defende discussão sobre fake news, mas com cuidado para evitar censura

Um dos pré-candidatos ao Palácio do Planalto, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu, nesta quarta-feira, a importância do combate às chamadas "fake news" (notícias falsas) no Brasil. Ele ponderou, contudo, que o debate sobre a regulamentação das redes sociais deve ser feito com "todo cuidado" para que não avance para nenhum tipo de censura. "A discussão da fake news é uma discussão muito importante, com todo cuidado para que uma regulamentação sobre esse assunto não avance em nenhum tipo de censura", afirmou o parlamentar fluminense, durante café da manhã com executivos e integrantes da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert).

PUBLICIDADE

Para Maia, esse debate é importante principalmente para as eleições deste ano. "Isso é muito importante, principalmente para um processo político. Com um processo eleitoral, faltando três dias, se entra uma informação falsa e ela consegue multiplicar, pode derrotar um candidato, pode dar vitória a outro", disse o presidente da Câmara. Para ele, não será "saudável" a concorrência se houver setores de comunicação regulamentados e outros não. "Não podemos ter sistemas tratando do mesmo assunto com regras distintas", disse.

Maia afirmou que o debate sobre a regulamentação das redes sociais é importante porque essas plataformas abertas viraram estrutura de informação. Segundo ele, é preciso garantir que essas estruturas tenham a mesma responsabilidade que o "mercado regular" no Brasil. "Tem que pensar como vai regulamentar isso, sem interferir na liberdade do trabalho de cada um de vocês", afirmou. Para o parlamentar fluminense, é preciso "aprofundar e criar, de fato, uma responsabilização, porque a informação caminha de qualquer jeito, ninguém é responsável por nada". "Acho até que nas redes sociais é mais fácil você encontrar a pessoa e depois procurar um reparo ao dano, mas, por exemplo, no Whatsapp, é impossível. Não vejo por onde", declarou.

Fonte: cp
 
+ Clipagem

Receita Federal alerta para e-mails falsos em nome da instituição -

A Receita Federal alerta aos cidadãos para tentativas de fraude eletrônica envolvendo o nome da instituição e tent

Sindilojas Porto Alegre orienta sobre abertura do comércio durante a Copa do Mundo -

O Sindilojas Porto Alegre informa que a abertura do comércio da Capital e de Alvorada é opcional nos dias em que h

Receita Federal começa a integrar cadastros e cria espécie de "CPF" para imóveis urbanos e rurais -

Gerente Sistema Nacional de Gestão de Informações Territoriais (Sinter) anuncia na Unicamp, em Campinas, que a implan

Juíza federal Rafaela Santos Martins da Rosa é eleita presidente da AJUFERGS -

A juíza federal substituta Rafaela Santos Martins da Rosa foi eleita, ontem (05/6), a nova presidente da Assoc

Acordos de Previdência entre Estados Unidos e Brasil - Trabalhadores brasileiros que residem nos Estados Unidos e norte-americanos que moram no Brasil em breve vão poder somar

+ Notícia

 
home | contato | localização | convênios
Rua Siqueira Campos 1171, 11º andar - Porto Alegre/RS - Telefone: (51) 3224-4355 - E-mail: agafisp@agafisp.org.br