As pessoas infectadas pelo vírus Sars-Cov-2, que provoca a doença de Covid-19, após recuperação total, podem fazer a doação do plasma sanguíneo para ajudar no tratamento de vítimas que se encontram em grave quadro clínico.

Isso acontece porque aqueles que já se recuperaram da doença possuem anticorpos capazes de combater o vírus. E ao receber o plasma de recuperadas, o paciente apresenta melhora de saúde.

Alguns critérios para ser doador são:

– Ter diagnóstico laboratorial confirmado de infecção por SARS-Cov-2;

– Ter idade entre 18 e 60 anos;

– Pesar acima dos 50kg;

– Se mulher, não ter histórico de gestações (nem aborto);

– Estar sem sintomas de Covid-19 há mais de 15 dias; e

– Não ter tido manifestações graves em função da doença (choque séptico, parada cardíaca e/ou intubação traqueal/respiratória).

Seja um doador de sangue

A doação de sangue é um gesto de solidariedade que pode salvar vidas. Mesmo que não seja um doador de plasma, você pode ajudar a manter o estoque de sangue sempre abastecido.

Você sabia que uma única doação pode salvar até quatro vidas?

Então, faça a sua parte e seja um doador de vidas! Vá ao hemocentro mais próximo e doe sangue regularmente. (Fonte: ANFIP)