Os recentes vazamentos de dados de consumidores acenderam o alerta. Desde o mês passado, episódios de divulgação em massa expuseram na internet informações financeiras de milhões de brasileiros e abriram caminho para golpes virtuais.

De posse de dados pessoais, criminosos enviam contas falsas de telefone e de televisão por assinatura por e-mail, com nome completo e endereço, por exemplo. Nesse caso, basta o consumidor entrar diretamente no site da operadora e verificar a situação, sem acessar nenhum link suspeito.
No site da Agência Brasil, veja o roteiro para saber se seu CPF foi ou não utilizado em falcatruas.

https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2021-02/agencia-brasil-explica-como-saber-se-cpf-foi-usado-por-terceiros